Lisboa, 12 de Agosto de 2011

Comunicado de Imprensa n. 1/2011


Primo Basílico chegou a Lisboa e consigo a possibilidade de comer a pizza ao corte ao verdadeiro estilo italiano, em Alfama.


Chamamo-nos Massimo e Stefano (Mássimo e Stéfano, à portuguesa) e estamos orgulhosos de lhes apresentar o Primo Basílico! Se ainda não o conhecem, este é o momento certo! Ele veio a Lisboa e revolucionou totalmente a nossa vida!


O Basílico tinha ideias bem claras quando nós o encontrámos. Ele queria que aqui em Portugal também se pudesse desfrutar comendo ao verdadeiro estilo italiano. Na Itália, espalhou-se em todo o lado, já há muitos anos, a “pizza al taglio” (pronuncia-se “pizza al talho”, mas não tem nada a ver com o talho em Português!), ou melhor, a “pizza romana al taglio”. Exactamente como um dos clássicos portugueses “sopa e folhado” - consumido directamente ao balcão duma pastelaria ou restaurante qualquer - a “pizza al taglio” constitui uma alternativa de refeição rápida e de óptima qualidade!


Esse particular tipo de pizza é preparado em grandes tabuleiros rectangulares e é servido aos clientes em fatias, rectangulares também, aquecidas no momento. Cada tabuleiro leva um tipo diferente de condimentos e os clientes podem escolher o que preferem. O tipo de massa dessa pizza precisa de muitos cuidados: é feita com farinhas de trigo muito fortes, que podem absorver até 95% de água, necessárias para que o produto final fique leve e macio. Entre o amassamento e a preparação dos tabuleiros, a massa passa por 48 horas de maturação a uma temperatura constante de 4ºC; o passo seguinte é a fermentação nos tabuleiros, que pode durar até 8 horas. Todo este processo torna a massa muito mais saborosa e digerível comparativamente a outros tipos de pizza.


Gostámos imenso da ideia, tanto que começámos logo a trabalhar para que o sonho do Basílico se tornasse realidade.


Primeiro era preciso encontrarmos um espaço para que o Primo pudesse estar à vontade e tivemos a sorte de o encontrar em Alfama, onde se pode respirar o ar da verdadeira Lisboa, num lindo prédio amarelo ao pé do Museu do Fado, ao número 37 da Rua dos Remédios.


A casa do Basílico foi pensada como um lugar que transmitisse um ar familiar e de confiança, que pertencesse ao bairro e à cidade, e esse objectivo foi atingido também graças a uma colaboração com a Campos Costa Arquitectos, nas pessoas de Pedro Campos Costa, Silvia Becchi e Claudia Moreschi, e com a empresa artesanal de construção civil do Francês Etienne Lelieur.


Mas não é tudo! Decidimos acrescentar algo ainda mais original! Respeitando plenamente a tradição italiana optámos por uma solução que fosse sustentável. Assim, para além daqueles pilares da cozinha italiana que não são produzidos no estrangeiro, como o queijo mozzarella e parmesano, os nossos enchidos e outros produtos que determinam os diferentes sabores dos tabuleiros, a base das pizzas - farinha, azeite virgem extra, fermento e sal - será feita com ingredientes portugueses, como homenagem à terra que escolhemos para nos instalarmos e para que o preço final resultasse muito competitivo. Ao lado da pizza propomos também outros produtos típicos Italianos feitos no forno, alguns salgados e coisas doces, para dar uma escolha ainda mais variada aos visitantes da casa do Basílico.


Agora basta de palavras! Preferimos que seja directamente o Primo Basílico a falar através das suas delícias: venham experimentar o nosso laboratório de cores e sabores italianos!


Para mais informações:

Stefano Finotti

Massimo Pornale

925557384

primobasilico.press@gmail.com